Viagem Santiago Chile

 Viajar é um dos momentos mais divertidos e relaxantes na vida de uma pessoa. Afinal, quem não gosta de deixar a sua rotina um pouco de lado e aventurar-se pelos vários lugares que esse mundo possui? Uma das vantagens de viajar é que ela é ajustada a todo tipo de bolso. E, ultimamente, várias facilidades surgiram com o intuito de incentivar o turismo tanto no Brasil quanto no exterior.

Um dos destinos mais procurados pelas pessoas é, justamente, a “Terra do Tio Sam”, ou seja, os Estados Unidos. Encantados pela presença de várias celebridades, locais modernos e outros, o território estadunidense é alvo de desejo mundial. Também não fica para trás os países localizados na Europa, bem como a França, Itália, Inglaterra, Irlanda, entre outros lugares.

Geralmente, por ser desejado por muitas pessoas, o preço para se viajar até tais países costuma ser muito elevado, por causa da grande procura. E, por conta do preço alto, muitas pessoas acabam não conseguindo viajar para os locais desejados. Entretanto, é possível economizar e, de quebra, conhecer outros locais que são tão fascinantes quanto. E esse é ocaso da cidade de Santiago, capital do Chile. No nosso artigo de hoje, iremos falar um pouco sobre essa cidade, bem como algumas dicas para os que desejam realizar uma viagem até a localidade. Vamos lá?

A Cidade de Santiago

Santiago é uma cidade localizada no Chile, país que faz parte da América do Sul, e não faz fronteira com o Brasil, sendo necessário passar pela Argentina, se a viagem for feita por terra, para chegar até o outro país. É a capital chilena, possuindo mais de 5 milhões de habitantes em sua esfera urbana, e mais de 6 milhões de moradores em sua esfera rural. É o maior e mais completo polo econômico, social, cultural, financeiro e industrial do país, fazendo com que os serviços prestados pela cidade à população tenha grande qualidade. É considerada a 53° cidade com maior poderio econômico do mundo, com um Produto Interno Bruto- O PIB- beirando os 94 bilhões de dólares.

A cidade foi fundada por um conquistador espanhol chamado Pedro de Valdívia, no ano de 1541. O nome da cidade, nessa época, era quase semelhante ao atual, não fosse por um detalhe: a adição de três nomes ao Santiago: De Nueva Extremadura, na qual o nome completo da cidade ficou assim: Santiago de Nueva Extremadura. A partir da fundação de Santiago, Valdívia percebeu que já poderia iniciar o seu plano que era conquistar o território do Chile.

No entanto. A destruição de Santiago de Nueva Extremadura veio rápida, já no dia 11 de setembro daquele ano, no qual nativos locais decidiram retomar o controle das terras, num conflito conhecido como a “Guerra do Arauco”. Logo após uma trégua entre os colonizadores e os nativos, foram-se erguendo vários edifícios pela cidade, alguns, inclusive, com a ajuda de povos nativos.

A cidade não foi somente cenário da Guerra do Arauco, mas também de outros conflitos, como a “Guerra da Independência”, que, em 1818, solicitava que a colônia pudesse virar o então país do Chile. Essa guerra foi favorável aos chilenos, que promulgaram Santiago como a capital da nova nação.

Viagem à Santiago – Dicas

Além de uma carga histórica bastante respeitada, Santiago guarda uma beleza exuberante, típica dos países latino-americanos. É uma cidade que, como qualquer outra grande, com bastante prédio, edifício e construções grandiosas e admiráveis, tendo, também, a presença da natureza ao redor. A Cordilheira dos Andes, por exemplo, passa perto da cidade, que pode ser observado com facilidade por qualquer observador.

Um dos atrativos do Chile é, também, a presença de neve no outono e no inverno, se tornando uma opção mais barata àqueles que desejam conhecer a neve mas só tinham em mente países europeus e os da América do Norte. Por conta da presença da neve no território, o Chile conta com várias estações de esqui que prometem fazer os turistas se apaixonarem pela adrenalina e, claro, pela neve.

Se você planeja viajar para o Chile, lembre-se sempre que é necessário realizar todo um planejamento antes para que nada saia errado e que, no fim, possa ser vantajoso e ter valido a pena. A moeda comercializada por lá é o peso chileno, e, muitas pessoas que moram por lá ou já visitaram o país conta que a troca de dinheiro (real pelo peso) são mais vantajosas durante a semana, nas casas de câmbio. Dizem ainda que, se for necessário, fazer a troca do dinheiro no aeroporto somente em caso de necessidade – como um lanche, por exemplo- para evitar gastos desnecessários.

O visto e o passaporte não são obrigados no Chile caso a sua estadia lá seja apenas por conta de turismo, sendo necessário apenas a carteira de identidade. No entanto, se a intenção do viajante é exercer algum cargo remunerado, é necessário que haja o passaporte e uma autorização do país para que possa trabalhar por lá.

Ao chegar ao aeroporto, deve-se ter cuidado ao pegar caronas em táxis com preços mais “camaradas”, pois, as vezes, pode ser um risco econômico. Algumas empresas realizam o serviço de táxi, podendo ser contatadas no próprio aeroporto.

As pessoas que moram por lá ainda dizem que Santiago é uma cidade segura, mas que deve sempre ter uma vigilância para evitar pequenos furtos. Em uma localidade da cidade, por exemplo, o roubo de bolsas e objetos pessoas aumentou. Para evitar que isso aconteça, deixe sempre a sua bolsa em um local onde possa ver e acessar facilmente, já que, qualquer distração pode custar muito a você.

Algumas empresas de turismo no solo chileno oferecem planos de tour que envolve vários locais de interesse no país, tais como vinícolas, museus, locais históricos, entre muitos outros. Aqui, a recomendação é a igual praticada nos táxis: verifique a procedência da empresa para se certificar que ela irá realizar um bom trabalho. Existem muitas empresas que agem de má-fé e lesam o consumidor em tais viagens.

Para manter a saúde em dia, recomendam levar cremes, protetor solar e ingerir bastante água, já que Santiago é conhecida por ser uma cidade com ar seco e poluído.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
América

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *