TAM Linhas Aéreas

A atual LATAM Airlines Brasil era chamada pelo nome de TAM Linhas Aéreas até pouco tempo (a mudança oficial de nome se deu em 5 de maio de 2016). Para o público a empresa ainda é conhecida como TAM, considerada a maior do segmento das companhias aéreas do país. A companhia é integrante do importante grupo Oneworld que se trata de uma holding bastante importante chilena-brasileira que conta com empresas de diversos países como Argentina, Paraguai, Peru, Colômbia e Equador.

Origem da TAM Linhas Aéreas

Táxi Aéreo Marília

O nascimento da empresa se deu no ano de 1961 quando 10 pilotos de monomotores resolveram se unir para fundar o Táxi Aéreo Marília. No início a empresa tinha como foco realizar o transporte de passageiros e cargas nos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso. Depois de seis anos no mercado a empresa chamou a atenção do empresário Orlando Ometto que adquiriu a mesma levando a sua sede para a cidade de São Paulo. A empresa então passou a atuar no segmento do transporte de malotes.

TAM

No ano de 1971 Ometto convidou o comandante Rolim Amaro para ser sócio minoritário da empresa tendo 33% das ações. Amaro já tinha trabalhado nessa empresa quando a mesma foi fundada. Em 1972 Amaro comprou mais ações da empresa e passou a ser o sócio majoritário com 67% e se tornou então o diretor da companhia. Foi no ano de 1976 que a empresa passou a ser chamada de TAM.

Crescimento da TAM

A década de 1980 foi a mais gloriosa em termos de ascensão para a empresa. O primeiro marco de crescimento se deu quando a TAM passou a operar com um Fokker F27 substituindo um EMB-10. O ano de 1981 marcou os mais de 1 milhão de passageiros transportados pela TAM. A empresa se tornou ainda mais forte no mercado quando em 1986 adquiriu a VOTEC podendo então oferecer trechos para as regiões Norte e Centro-Oeste do país.

No início da década de 1990 a TAM aumentou a sua frota de Fokker e se tornou a empresa com mais aeronaves dessas no mundo todo. O domínio de todo o território nacional se deu em 1996 com a aquisição de uma companhia aérea chamada Lapsa (Lineas Aereas Paraguayas) e passou então a ter o nome de TAM Mercosur.

Compartilhamento de Voos com a Varig

O ano de 2003 foi muito importante para a companhia que passou por uma reestruturação profunda e passou então a fazer o compartilhamento de voos com a Varig. Esse mesmo ano marcou a criação do e-TAM que tornava possível que os passageiros fizessem seu check-in em apenas 10 segundos reduzindo e muito as filas.

Programa de Milhas Pioneiro

Em 1993 a TAM lançou um programa de milhas bastante pioneiro que não tinha restrições de assentos para passagens gratuitas, algo que nenhuma outra companhia aérea oferecia.

Próxima Parada… Destinos Internacionais

O crescimento da TAM chegou ao seu ápice quando em 1998 a empresa realizou o seu primeiro voo internacional, de São Paulo para Miami, Estados Unidos. No ano seguinte foi a vez da Europa ser conquistada pela TAM com um trecho para Paris, França. O trecho para Buenos Aires, Argentina foi inaugurado em 2005. Atualmente a empresa oferece diversas opções de trechos internacionais.

Star Alliance e TAM

O ano de 2008 foi marcado pelo ingresso da TAM no grupo Star Alliance uma vez que a companhia tinha acordos com outras companhias aéreas que faziam parte desse grupo. Nesse acordo ficou estabelecido que a TAM só poderia permanecer nesse grupo e então  em 2013 a empresa decidiu por fim no seu acordo com a Star Alliance para que pudesse fechar acordo com o grupo Oneworld.

TAM + LAN

A fusão da TAM e da LAN foi anunciada no ano de 2010 o que deu origem a holding LATAM Airlines Group. Essa união se deu para que as duas empresas pudessem oferecer mais destinos para os seus passageiros com menos custos. Seis anos depois, em 2016, ficou estabelecido que as duas empresas passariam a usar marca LATAM em todas suas operações.

O Trágico Acidente na História da TAM

Um dos momentos mais tristes da aviação civil brasileira se deu no dia 17 de julho de 2007. Para entender o ocorrido é necessário voltar para o ano de 2006 quando um acidente de um voo da GOL trouxe a tona a crise aérea no principal aeroporto do país, o Aeroporto de Congonha em São Paulo. Ficou evidente que a infraestrutura do aeroporto não estava dando conta do aumento da demanda do setor aéreo.

Em maio do ano seguinte a principal pista de Congonhas foi fechadas para obras visando dar fim as inúmeras derrapagens. O período previsto para as obras era de 90 dias, mas em menos da metade do prazo o aeroporto voltou a utilizar essa pista que no momento estava sem o serviço de grooving (elaboração de riscos e cortes que visam conter derrapagens). Foi dito que a pista poderia ser usada por se tratar dos meses secos de inverno.

No dia 17 de julho de 2007 um Airbus A320 da TAM que vinha de Porto Alegre teve problemas com a pista e acabou derrapando atingindo assim o prédio da própria companhia aérea. O acidente tirou a vida de nada menos que 199 pessoas, esse é o pior acidente aéreo da história do nosso país. De acordo com a perícia do acidente o problema foi a falta do trabalho de groovings na pista que se encontrava molhada.

Frota da TAM

Sendo a maior companhia aérea do Brasil é natural que a empresa tenha uma extensa frota que inclui aeronaves Airbus e Boeing. Para a realização dos trechos domésticos são usados aeronaves dos seguintes modelos: modelos Airbus A319, Airbus A320, Airbus A320neo e Airbus A321.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Companhias Aéreas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *