Dicas de Compras no Duty Free

As lojas conhecidas como Duty Free ou Free Shops são lojas localizadas dentro das salas de embarque e desembarque dos aeroportos, balsas com destino internacional, navios bem como em zonas internacionais de portos. Basicamente essas lojas oferecem produtos com preços mais competitivos do que aqueles praticados pelas lojas convencionais uma vez que tem redução ou isenção de impostos.

Comprar nos Duty Free pode ser uma boa opção para os brasileiros uma vez que os produtos internacionais chegam ao nosso país com valores bem elevados. Sendo assim quando você faz uma viagem internacional é interessante saber o que deve ser deixado para comprar no aeroporto. A seguir vamos dar dicas de como comprar nesse tipo de loja com detalhes sobre as quantidades e cota que são permitidas.

Produtos

Os melhores produtos para comprar nos Duty Free são aqueles que têm uma elevada taxação de impostos como bebidas, comida e cigarros. Vale a pena também aproveitar as promoções para comprar ainda mais por menos. Para te ajudar a organizar melhor a lista de compras vamos falar um pouco mais sobre os diferentes free shops dos diferentes aeroportos do mundo.

Duty Free das Américas

Buenos Aires – Aeroporto de Ezeiza

Uma das maiores lojas no estilo free shop das Américas, no aeroporto argentino é possível encontrar mais variedade em relação a loja do aeroporto de Guarulhos em São Paulo. Como estamos falando da Argentina é claro que você encontra alfajor e por um preço bem competitivo. A dica de ouro nesse caso é chegar com pelo menos quatro horas de antecedência do seu voo para poder conhecer mais a fundo a loja.

Panamá – Aeroporto de Tocumen

Trata-se de um duty free com certo movimento e que também prima pela variedade. O destaque em termos de produtos dessa loja é o setor de bebidas que tem boas opções com preços realmente interessantes.

Bogotá – Aeroporto El Dorado

Nesse free shop não tem muita variedade de produtos, mas também é possível encontrar boas opções de bebidas por preços mais competitivos.

Santiago – Aeroporto Arturo Merino Benítez e Montevidéu – Aeroporto de Carrasco

Trata-se de dois free shops que não tem muitas opções interessantes e como são países com certa tradição no segmento de vinhos não apresentam bons descontos nas bebidas. Vale a pena dar uma boa pesquisada em lojas convencionais para comparar preços antes de ir as compras.

Miami – MIA; Nova York – JFK e Orlando – MCO

Nos Estados Unidos em geral vale muito mais a pena fazer compras em lojas outlets e lojas de departamento fora dos aeroportos já que os duty free costumam ter preços bem elevados. Os perfumes são tão caros quanto nas lojas do aeroporto de Guarulhos, ou seja, não compensa. Aproveite a conexão wi-fi que é aberta nos aeroportos norte-americanos para se divertir já que comprar fica mais difícil.

São Paulo – Guarulhos e Rio de Janeiro – Galeão

Numa rápida comparação entre os dois Duty Free podemos perceber que o de Guarulhos é melhor em relação a variedade. Porém, a loja do Galeão é bem mais vazia do que a de São Paulo. No aeroporto de São Paulo é mais interessante ir em busca de perfumes e óculos em especial quando são feitas promoções. Cuidado com os preços abusivos praticados em alguns produtos, pesquise.

Duty Free da Europa

Na Europa é melhor ir com um pouco de calma, pois de uma forma geral os preços não são tão mais baixos do que nas lojas da rua. Em Lisboa (Portugal) e Madrid (Espanha) os preços praticados no duty free não são muito atraentes. Mas, é sempre válido garimpar atrás de um descontinho, não é mesmo? Confira abaixo uma boa opção de duty free europeu.

Londres – Aeroporto de Heathrow (Terminal 3)

Esse duty free é considerado um dos três melhores do mundo e nessa loja é bom aproveitar os descontos dos licores, champagnes e vinhos. Além disso, quem gosta de grifes de luxo como Gucci, Armani, Chanel entre outras não pode deixar de visitar esse free shop.

Duty Free do Oriente Médio e Ásia

Dubai – Terminal Sheikh Rashid

Com certeza um dos melhores duty free do mundo, ele também está no top 3 junto com o de Londres. O que torna esse free shop tão interessante é o fato de que todos os itens vendidos no aeroporto não têm taxas, ou seja, são muito baratos. Chegue pelo menos quatro horas antes do seu voo para poder comprar tudo o que quiser. Dentre os itens que merecem maior destaque estão produtos de tabaco, perfumes, cosméticos, bebidas e claro que as joias, afinal estamos falando de Dubai, não é mesmo?

Bangkok – Aeroporto de Suvarnabhumi

Um dos maiores duty free do mundo, também é bom chegar com uma boa antecedência do seu voo para poder se perder entre as prateleiras. Tem produtos bem baratos.

Singapura – Chiangi International

Outro duty free que está no top 3 dos melhores do mundo o de Singapura tem produtos com preços bem em conta especialmente cigarros e licores. Em alguns dias são realizadas até mesmo degustações de vinho. Aproveite a wi-fi grátis.

Coréia do Sul – Aeroporto de Incheon

Quem estiver passando por esse aeroporto em janeiro não pode deixar de aproveitar a liquidação. Os eletrônicos têm preços bem competitivos nesse duty free.

Duty Free da Oceania

Infelizmente nesse continente você não irá encontrar boas opções para matar a sua sede por liquidações. Isso porque os free shops são bem pequenos nos aeroportos de Melbourne e Sydney (Austrália) assim como o de Auckland (Nova Zelândia) e o Nadi em Fiji. A variedade de produtos também não é das melhores.

Dicas Importantes

Geralmente os duty-free do embarque são melhores do que aqueles do desembarque. Sendo assim a dica é deixar para fazer as suas compras quando estiver voltando para o Brasil. Fique atento que o valor máximo de compra por passageiro que é permitido no duty free é de US$ 500.00 e você precisa apresentar passagem e documento de viagem.

Também é bom ficar atento as quantidades de cada item que são permitidos no desembarque. Por exemplo, são permitidas no máximo 24 garrafas de bebidas alcoólicas sendo no máximo 12 unidades de cada categoria, ou seja, 12 vinhos e 12 licores, etc. São permitidos no máximo 20 maços de cigarros de fabrico estrangeiro, sendo assim no máximo 400 unidades.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Aeroportos

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *