Viação Nasser

Pertencente ao grupo Santa Cruz, a viação Nasser junto a outras empresas procura atender todas as necessidades de seus passageiros, para isso criou várias unidades que auxiliam e facilitam a distribuição do serviço da empresa, são elas: Unidade de Cargas, de Serviços e de Passageiros, que servem para melhor atender a cada necessidade de serviço solicitado.

Viação Nasser

Viação Nasser

Gerenciado pela Unidade de passageiros, o transporte intermunicipal, interestadual e urbano, é responsável pelo frete eventual de encomendas e cargas durante o transporte. A viação Nasser juntamente ao grupo Santa Cruz ainda gera certa de 1500 empregos, transporta aproximadamente 2 milhoes de passageiros por mês, por cerca de 5 mil e quinhentos quilômetros, com uma frota de quase 500 veículos.

Optar por empresa de qualidade, segurança e competência. Escolha a viação Nasser, já que no mercado rodoviário ela tem a excelência em garantir total tranquilidade na hora de viajar, e tudo ainda sem gastar muito.

.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Os ônibus da empresa NASSER TURISMO passam pela rua Ministro Campos no Pari, ao lado do viaduto da Vila Guilherme, entre 04 e 05 horas da manhã soltando urina no meio da rua. Acredito que a empresa não saiba desta ocorrência, sendo os irresponsáveis os motoristas dos mesmos.
    Venho manisfestar minha indignação, pois o cheiro é insuportável, fora a contaminação do meio ambiente, há o risco de contaminação, pois pode haver urina de pessoas com doenças infecto- contagiosas, como hepatite, meningite, etc…
    Conforme levantamento, descobri que esses ônibus migram para a feirinha da madrugada no Brás.
    Aqui através gdo Reclame Aqui estou avisando amigávelmente, outrossim quero informar a NASSER TURISMO que caso não cesse essa atitude irresponsável dos motoristas, abrirei ums reclamação na ANTT, VIGILÂNCIA SANITÁRIA, MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL e PRRFEITURA DE SÃO PAULO, sendo tal ato passível de multa e ações legais.

    Abraço,
    Ricardo Ferrari

    Ricardo 17 de novembro de 2015 4:44

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *