Destinos Alternativos na Europa

O continente europeu está repleto de atrações que não estão presentes nas principais agências de viagens, mas possuem a capacidade de surpreender os turistas que estão em busca de destinos alternativos no velho continente.

Ostende na Bélgica: Destinos Alternativos na Europa    

A Bélgica está repleta de pontos turísticos alternativos que podem surpreender os turistas. Um deles está em Ostende, local no qual existe a possibilidade de experimentar a melhor cerveja do mundo e ao mesmo tempo observar os movimentos marítimos. Também existem pratos típicos, como no caso dos mexilhões que estão compostos por fritas. Existe a possibilidade de experimentar o sol no Velho Continente e ao mesmo tempo ter o prazer de compartilhar a praia junto com o conjunto de bares. Também existe oferta a se considerar em termos de hotéis.

Bristol na Inglaterra: Destinos Alternativos na Europa    

Representa local no qual nasceram diversos tipos de artistas que são famosos no dia atual. Sem dúvidas consiste em um pedacinho da Nova Inglaterra por vezes ignorado por conta da demanda que segue ao território inglês. A região traz o centro urbano com diversos elementos que podem completar a viagem de quem aprecia estrutura arquitetônica. Quem aprecia bebidas exóticas pode experimentar a qualidade que existe na cidra feita na região e que está no cardápio de grande parte dos restaurantes e bares. A oferta hoteleira é consagrada, visto que a vida noturna também tem qualidade a se considerar com a presença de casas noturnas.

Breslávia na Polônia: Destinos Alternativos na Europa

A local se estabelece na cultuada região de Cracovia que representa um dos locais com maior valor cultura dentro do velho continente. A oferta por conta de pontos turísticos repletos de belezas em termos de arquitetura representa ponto a se considerar entre o público que aprecia observar antigas construções típicas desta parte do velho continente. O local tem reforma em dia que mantém a estrutura original e valoriza sob a ótica histórica, região que fica intocada para valorizar sob a ótica turística.

A diversão não para apenas nesse sentido, visto que ao redor da cidade existem diversos tipos de parques. O saber também pode ser aguçado ao levar em conta a presença de museus que retratam um pouco da história não apenas da cidade de como também do continente europeu. Também existe variedade de lojas que ofertam preços interessantes. Na parte noturna existe maior movimentação na praça central que traz bares e casas noturnas conhecidas no roteiro.

Marselha na França: Destinos Alternativos na Europa

Quem pensa que Marselha consiste em uma pequena cidade esquecida na França se engana de forma substância, visto que essa representa a segunda maior dentro do território francês e está repleta de história e infraestrutura turística para atender diferentes tipos de turistas que seguem ao local.

Como ponto positivo e que está além do que Paris vale ressaltar o Mar Mediterrâneo que banha e aumenta o valor turístico no local. Interessante notar que no local existem cartões-postais que são conhecidos em termos mundiais, como no caso do Velho Porto por exemplo.

Também existe a possibilidade de experimentar a conhecida gastronomia local que traz alimentos que se misturam entre a tendência mediterrânea e a qualidade que apenas franceses conseguem implantar nos pratos requentados. Também existem pontos qualitativos no que tange à oferta de vinhos tintos renomados por especialistas.

O hip hop e a música eletrônica são tendências conhecidas no local. Interessante notar que também existe a presença de belezas naturais interessantes, como no caso da região que possuem penhascos com extensão além do que vinte quilômetros. Na zona litorânea há o charme no qual se estabelece o conjunto de águas turquesa.

Brno na República Tcheca: Destinos Alternativos na Europa

Em termos práticos a capital da república Tcheca representa local que aponta a atenção do mundo em virtude do excesso de pontos turísticos inusitados e que não estão presentes nas principais agências de turismo. Em termos de leste da Europa poucos locais possuem infraestrutura do gênero. Com o tempo acontece aumento da demanda turística na região de Praga. Por outro lado, pessoas que querem visitar o país sem aglomeração de pessoas não pensam duas vezes a seguir à região de Brno.

Com pouco valor além do que cem quilômetros da capital se estabelece o local no qual existe infraestrutura hoteleira de qualidade. Não se pode ignorar a presença e o valor que existem nas construções históricas. As catedrais também representam aspectos a se considerar na região de Brno. Os preços estão em conta e existe a possibilidade de gastar com qualidade ao apreciar diferentes sabores de cervejas com precificação econômica.

Bolonha na Itália: Destinos Alternativos na Europa

Representa local interessante para quem deseja escapar dos pontos conhecidos no território italiano e ao mesmo tempo comprar artigos ou experimentar delícias gastronômicas com preços menores. Representa região que traz um pouco do que se pode encontrar na cidade de Roma. Não se pode ignorar a presença de construções antigas. A gastronomia consiste em elemento a se considerar de forma positiva de acordo com grande parte dos guias de turismo que explicam características gerais do turismo na região de Bolonha, Itália.

O charme está presente em diversos pontos distintos. Sorvete de Bolonha tem o título de ser o melhor dentro da Itália. A primeira universidade do mundo e que funciona até os dias de hoje funciona na cidade italiana. Quem aprecia o fato de conhecer fatores históricos não pode dispensar a visita ao Museu de Arqueologia. Quem segue para a Basílica de São Domenico pode ter a oportunidade exclusiva de conferir de perto as obras que foram realizadas por um dos pintores mais conhecidos na história da arte: Michelangelo.

Heraclião na Grécia: Destinos Alternativos na Europa

Quem viaja à Grécia e quer escapar dos pontos turísticos conhecidos, como o caso de Atenas, por exemplo, não pensa duas vezes para seguir à Ilha de Creta, precisamente na cidade que representa a capital, ou seja, Heraclião. Diversos tipos de pontos relacionados com arquitetura podem ser observados com facilidade junto com a extensa zona litorânea.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Europa

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *