Maior Caverna Submersa Do Mundo

A civilização Maia se prosperou na Península de Yucatán, no México. Utimamente, abaixo do solo onde isso aconteceu, foi descoberto o maior sistema de cavernas subaquáticas do planeta Terra. Isso é extremamente interessante, visto que as medições mais impressionantes de cavernas vêm de cima do sono, em montanhas gigantes e lindos cânions.

Os mergulhadores que confirmaram a descoberta já vêm desconfiando disso a um tempo. O que descobriram foi que o sistema Sac Actun e o sistema Dos Ojos são a mesma coisa e conectados por um canal que antes não era conhecido. Entretanto esses dois sistemas de cavernas já eram conhecidos.

O Sac Actun é um labirinto submerso que possui mais de cento e sessenta milhas de extensão e o sistema Dos Ojos é um pouco mais curto e possui cinquenta e duas milhas de extensão. Juntos eles formam duzentas e dezesseis milhas de comprimento de vastos buracos labirínticos por baixo da superfície. Isso faz com que essa caverna supere o sistema Ox Bel Há, que até então era o maior do mundo – localizado no leste do México, com cento e sessenta e oito milhas de comprimento.

Turista se Banhando nas Águas Cristalinas da Caverna de Sac Actun

Turista se Banhando nas Águas Cristalinas da Caverna de Sac Actun

O Estudo

O projeto que levou à descoberta foi o Gran Acuifero Maya (GAM). Se concentrava em estudar e pesquisar a preservação das águas subterrâneas da península de Yucatán, no México.

O projeto GAM explora o sistema já há catorze anos. E a equipe trabalha na busca por uma conexão entre os dois grandes sistemas de cavernas a dez meses. O diretor de exploração e mergulhador principal das cavernas do sistema é o Robert Schmittner.

Os espeleólogos são os cientistas que estudam as cavernas. E o levantamento espeleológico do local do sistema, em Quintana Roo, lista mais de trezentos e cinquenta sistemas conhecidos. E os espeleólogos do GAM procuram por uma ligação entre Sac Actun e Dos Ojos desde março do ano de 2017.

De acordo com as normas de espeleologia para nomeação para cavernas, quando dois sistemas são descobertos com conexão, o nome do maior deles fica como o nome do novo sistema. Isso quer dizer que a maior caverna subaquática do Mundo se chama Sac Actun.

O novo sistema Sac Actun possui uma grande importância arqueológica e histórica para o mundo. Até porque faz também parte de um grande aquífero Maia que alimenta toda a península.

Robert Schmittner disse, em entrevista para a revista americana DW: “ Este é um esforço de mais de vinte anos para percorrer centenas de quilômetros de cavernas submersas principalmente em Quintana Roo, das quais dediquei 14 anos para explorar esse monstruoso sistema Sac Actun. Agora o trabalho de todos é preservá-lo”.

O pesquisador do Instituto Nacional de Antropologia e História do Gran Acuifero Maya, Guillermo de Anda, disse: “esta enorme caverna representa o mais importante sítio arqueológico submerso do mundo, já que possui mais de cem artefatos arqueológicos incluindo evidências dos primeiros colonizadores da América, bem como a fauna e flora extinta e a cultura Maia”.

Mergulhadores Explorando a Caverna de Sac Actun

Mergulhadores Explorando a Caverna de Sac Actun

Descoberta extra durante o projeto

No ano de 2007, um esqueleto de uma mulher foi encontrado no sistema Sac Actun por cientistas da GAM. O corpo mostrava que a jovem teria vivido a treze mil anos atrás. A ossada foi encontrada ao lado de ossos de animais que viveram na era glacial. Naia, como foi nomeada, foi encontrada num poço escuro inundado, com quarenta e três metros de profundidade, chamado de Hoyo Negro.

Naia tinha entre quinze e dezessete anos de idade e a análise mostrou que vivia em grande desnutrição. Possuía pelo menos um filho e descendia de antepassados da Ásia, de acordo com a análise genética do esqueleto. Além Disso mostrou que ela caiu no abismo e morreu.

As análises genéticas e moleculares de Naia renderam um importante estudo para a comunidade científica. O estudo foi publicado na revista Science em 2014. De acordo com os resultados, os pesquisadores sugeriram que os nativos americanos modernos também descendiam de povos que cruzaram o Estreito de Bering da Ásia.

“No momento em que entramos, sabíamos que era um lugar incrível. O chão desapareceu embaixo de nós e não pudemos ver para o outro lado. Apontamos nossas luzes para baixo e para os lados. Tudo o que podíamos ver era escuridão”, contou Alberto Nava, mergulhador do projeto ao jornal Discovery News.

Muitos artefatos maias também foram encontrados no sistema de cavernas. Os antigos povos Maias que povoaram a península de Iucatán pensavam que os buracos nas cavernas subaquáticas eram uma passagem para um submundo. Os pesquisadores da Archeology Magazine acreditam que esses objetos, como vasos e esculturas, caíam quando eram lançados para os Deuses em rituais de sacrifício.

Estudos Futuros

O GAM agora pretende estudar a qualidade da água de todo o sistema. O grupo também pretende estudar a biodiversidade do local, além de análises químicas da água. Algumas pesquisas que forma feitas no sistema próximo, o Ox Bel Há, mostraram que o metano, substância orgânica que existe nos buracos do sistema, alimentam um ecossistema de bactérias em expansão. Estas são presas principais de crustáceos que vivem nas cavernas.

Outra parte do estudo que ainda há chance de prosperar é que o sistema, apesar de já ser o maior do mundo, Sac Actun pode ser maior ainda. Há uma chance não calculada de que o sistema possa estar conectado a outras três redes de cavernas submarinas.

Sac Actun, a Maior Caverna Submersa do Mundo

Sac Actun, a Maior Caverna Submersa do Mundo

A Caverna Sac Actun

O sistema possui trezentos e quarenta e sete quilômetros de extensão de corredores que se organizam num labirinto rochoso. Semelhante a um conjunto de candelabros iluminados por raios solares, o maior sistema de caverna subaquática do mundo encanta aos olhos de qualquer um.

As cavernas Sac Actun são inundadas com água doce que passam por um labirinto maravilhoso de passagens com estalactites e estalagmites.

Como Visitar Sac Actun?

O passeio turístico por Sac Actun se difere de todos os outros por ser o único cem por cento subterrâneo e obrigatoriamente feito com guias especializados.

Os cenotes são aberturas em zonas rochosas por onde ocorre entrada de luz para as cavernas subaquáticas. Os passeios ocorrem pelos cenotes da maior caverna submersa do mundo.

Os passeios são feitos somente com guias, para Snorkel. O tour para Snorkel possui 45 minutos de duração. Com aluguel de Snorkel e colete salva-vidas.

A água é muito fria então é aconselhável que as roupas para o passeio sejam de lycra e Neoprene e cubram o corpo todo. Além disso é indispensável o uso de sapatilhas de Neoprene.

A iluminação nos locais dos passeios podem ser naturais ou não e nenhuma das duas deixam a desejar. Inclusive há pontos em que se consegue observar diversos peixes.

Informações para o passeio:

  • Preço: 450 pesos por pessoa.
  • Guarda-volumes: não tem. É aconselhável sair do carro apenas com a roupa de mergulho e câmera, se for à prova dágua. Também garrafa de água.
  • Acesso: Estrada de terra que sai da Rodovia Cancún-Tulum. Siga a placa para Cenote Dos Ojos e continue por mais 4 Km. Sac Actun fica a 27 Km de Tulum.
  • Site: http://www.cenotessacactun.com/
Vista Interior da Caverna Sac Actun, no México

Vista Interior da Caverna Sac Actun, no México

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
América

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *