Jardim Botânico de Berry

Preocupados como futuro ecológico do planeta, alguns governos mantêm em seus países grandes armazéns que funcionam como um banco de sementes. E o que seria isso? Um banco de sementes é como uma caderneta de poupança, de onde as sementes podem ser “sacadas” no futuro, caso haja alguma espécie que entre em extinção, colocando em risco o equilíbrio do ecossistema.

Jardim Botânico de Berry

Jardim Botânico de Berry

Atualmente existem, em média, mil e quatrocentos bancos de sementes ao redor do mundo, os quais armazenam sementes que poderão ser usadas no replantio de culturas, caso elas desapareçam ou sejam destruídas. São grãos que fazem parte da dieta de quase toda a população mundial, como arroz, milho e trigo, além de outros de culturas diversas, como inhame, feijão, amendoim, batatas, soja, etc. Um desses bancos mundiais de sementes existe em Portland, Oregon, nos Estados Unidos, no Jardim Botânico de Berry, onde são cultivadas sementes de plantas em ameaça de extinção no noroeste do Pacífico.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Natureza

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *