Cachoeira Parque Estadual Furnas do Bom Jesus Rifaina

O Parque Estadual Furnas do Bom Jesus está localizado na cidade de Rifaina, interior do estado de São Paulo, e se destaca por ser um dos lugares que preservam alguns traços do belo Cerrado Paulista bem como tem cachoeiras incríveis. Os visitantes que se aventuram no parque tem a oportunidade de conhecer de perto a 11ª maior cachoeira do Brasil. Então que tal conhecer mais sobre o potencial turístico desse parque e se preparar para um banho de cachoeira?

Rifaina

O município de Rifaina está situado no extremo nordeste do estado de São Paulo. Sua área total é de 158 km2 e pode ser acessada através das rodovias MG-428 (Rodovia Franca-Araxá) e Cândido Portinari (SP-334). Fica a 464 km da capital do estado e integra uma das regiões mais importantes do cultivo cafeeiro do Brasil, a Alto Morgiana. Uma região que produz um café reconhecido por sua qualidade nacional e internacionalmente.

Conhecendo Melhor o Parque Estadual Furnas do Bom Jesus

O parque é uma Unidade de Proteção Integral que foi criado para contribuir para a manutenção dos ecossistemas visando que animais e plantas tenham seus habitats naturais preservados. O espaço é aberto ao público para finalidades de lazer e também para a elaboração de pesquisas científicas através da investigação das espécies que só existem lá.

Esse parque está num local geograficamente estratégico, pois a forma de cânion contribui para as inúmeras cachoeiras que se destacam como os pontos mais procurados pelos turistas. No entanto, é válido ressaltar que para chegar a boa parte delas é necessário passar por trilhas de média ou alta dificuldade, vale a pena contratar um guia local e fazer excursões em grupo.

Cascata Grande

Como citamos no começo do artigo nesse parque está a 11ª maior cachoeira do país, Cascata Grande que conta com 142 metros de queda livre. Ao todo são sete quedas d’água que proporcionam momentos inesquecíveis dentro desse parque contemplado com uma natureza prodigiosa.

Mirantes

Saiba que além de cachoeiras maravilhosas você encontrará nesse parque vários mirantes para ter uma vista privilegiada do entorno. Uma dica é fazer a Trilha do Mirante com 1.364 metros que diferente das demais trilhas é mais tranquila em termos de dificuldade podendo ser realizada por pessoas de todas as faixas etárias. Enquanto percorre a trilha os turistas podem ter acesso ao Centro de Vivência Ambiental e ter uma visão única da fauna e da flora locais.

Trilha dos Macacos

Falando em trilhas os turistas que visitam esse parque não podem deixar de conferir a Trilha dos Macacos que possui 800 metros em meio a Mata Atlântica. O prêmio para quem completa a trilha é chegar a uma cascata de 35 metros de altura.

Trilha do Malta

Essa é uma trilha diferente dentro do parque porque margeia propriedades vizinhas e torna possível ter uma visão especial das culturas implantadas na região em pontos que se encontram fora das fronteiras do parque. Uma trilha que conta com 2.800 metros e apresenta nível de dificuldade médio. O final dessa trilha desemboca na Cachoeira do Malta.

Biodiversidade

Um dos principais atrativos naturais desse parque certamente é a sua biodiversidade em que encontramos espécies de animais ameaçados de extinção como o lobo-guará, a onça-parda (também chamada de Suçuarana) e o tamanduá-bandeira. Há também uma beleza incomparável em termos de flora com destaque para a paineira-rosa, jacarandá, jequitibá, cedro e peroba.

Serviço Parque Estadual Furnas do Bom Jesus

Esse parque encontra-se aberto para visitas de segunda a domingo inclusive em dias de feriados no horário de 8h às 16h. Lembrando que para realizar atividades como percorrer as trilhas e conhecer os demais atrativos do parque é necessário fazer um agendamento prévio através do telefone (16) 3171-1118 ou pelo e-mail pe.furnas@fflorestal.sp.gov.br. O agendamento pode ser feito de segunda a sexta das 8h às 17h.

Praia Artificial de Rifaina

O ponto turístico mais proeminente de Rifaina é o Lago Jaguara que possui extensão de 33 km2 de um fabuloso espelho d’água. Nessa bela cidade os visitantes podem aproveitar o clima de balneário criado pela praia artificial formada a partir das águas do Rio Grande. Nos finais de semana o espaço fica repleto de lanchas e jet skis. O entorno oferece excelente infraestrutura de quiosques e restaurantes para atender os turistas.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Natureza

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *